Voltar para o início

Qual o influenciador ideal pra você?

Antes de abrir a carteira pra contratar os influenciadores mais caros do momento — só porque eles têm um monte de seguidores —, pare e pense. Será que eles são a escolha certa pra sua marca?

Pra escolher o influenciador ideal, não basta olhar pra quem tá mais badalado no momento. Você deve, antes, analisar sua estratégia, seus objetivos e o perfil do seu público. Aí, depois, você seleciona aqueles influenciadores que podem gerar os melhores resultados.

Mas como escolher, então? É sobre isso que vamos te ajudar neste post. Vamos ver os principais itens que você deve considerar na hora de definir o influenciador ideal:

Identificação com o seu público-alvo

Uma menina que sabe tudo de moda tentando vender um software de gestão para empresas. Um especialista em economia mostrando sua experiência com uma marca de sapatos femininos. Hmmm… Não tem nada a ver, né?

Eles podem ser grandes influenciadores, mas dentro de um nicho, junto a um público específico. Mas esse público é compatível com o seu? Tem o mesmo perfil, interesses, comportamentos? Quando a resposta for sim, sua estratégia será muito mais eficiente.

Engajamento com os seguidores

É muito fácil cair na armadilha da quantidade de seguidores. Números astronômicos fazem os olhinhos brilharem, pois significa que a sua marca pode alcançar muita gente. Porém, de que adianta atingir milhões de pessoas, se nem metade vai dar bola?

Como já dissemos por aqui, número não é tudo, então vale a pena avaliar se o influenciador tem o engajamento do público. Os seguidores confiam no que o ele fala? Eles comentam nas publicações? E o influenciador interage com eles?

Consistência das publicações

Um influenciador transmite muito mais confiança quando os seus canais são atualizados com frequência, têm uma linguagem característica e mantêm um padrão de qualidade.

Consistência demonstra a dedicação do influenciador aos seus conteúdos. Com isso, tudo indica que você não ficará na mão ao fechar uma parceria com ele e que haverá comprometimento pra manter a qualidade do trabalho.

Autenticidade

Uma das grandes vantagens de contratar influenciadores digitais em vez de celebridades de mídia tradicional é a sua autenticidade. Eles são pessoas comuns, que falam sobre o que gostam de maneira espontânea, com a sua identidade marcada nos conteúdos.

Por isso, perceba também se os influenciadores em quem você está de olho são autênticos. Eles têm uma linguagem própria? Produzem conteúdos originais ou só copiam de outros?

Interesse verdadeiro

Posts patrocinados geram uma pulga atrás da orelha nos seguidores: “será que ele está indicando essa marca só porque ganhou muito dinheiro?”. Por isso, alguns produtores de conteúdo são bastante criteriosos na escolha de marcas parceiras.

Ao fechar parceria com um influenciador, certifique-se de que ele realmente gostou do seu produto. Isso torna o conteúdo muito mais verdadeiro, o que desperta a confiança do público tanto no influenciador quanto na marca.

Profissionalismo

Ok, “influenciador digital” pode não ser ainda uma profissão reconhecida ainda. Muita gente que se intitula assim é muito nova no mercado ou sequer trabalhou formalmente na vida. Mas isso não quer dizer que possa haver falta de profissionalismo.

No momento em que o influenciador se compromete com uma empresa, as duas partes têm responsabilidades. Por isso, avalie também o nível de profissionalismo dele. Ele responde aos seus contatos? Cumpre prazos? Tem preços coerentes?

Agora ficou mais claro pra você? Pra ajudar nesse assunto, dê uma lida também no nosso post sobre os tipos de influenciadores que existem na internet. Aí você vai ter mais informações pra tomar a decisão certa 😉