Voltar para o início

Número não é tudo: entenda o poder dos influenciadores locais

Imagine-se agora dentro da cabine do programa do Sílvio Santos, sem ouvir nada, tendo que responder essa pergunta: você troca esta celebridade de 3 milhões de seguidores no Instagram por vários perfis de 30 mil pra divulgar a sua marca?

E você diz: siiiim! Na brincadeira do Sim ou Não, a plateia riria de você… Porém, no mercado de verdade, essa resposta pode fazer muito sentido!

Explicamos melhor: no nosso exemplo, o influenciador de 3 milhões de seguidores é Gabriela Pugliesi, que hoje é referência no mundo fitness. Já os perfis de 30.000 seguidores são de pessoas da cena do skate de Osasco, muito reconhecidos na comunidade do skate brasileiro.

Se você tem uma marca relacionada ao mundo do skate, quem você escolheria? Embora a Pugliesi tenha enorme alcance, ela não tem nenhuma identificação com a galera do skate. Já os skatistas são reconhecidos pelo seu talento no esporte e tem enorme poder de influência com seu público, que é totalmente focado no skate, embora seja menor que o da blogueira fitness.

Os skatistas do nosso exemplo são o que chamamos de influenciadores locais, uma grande tendência do marketing de influência.

Lembra o título desse post? Lá diz: “número não é tudo”. Sabe por quê? Porque os influenciadores locais têm uma audiência muito menor que os grandes influenciadores, porém, se você olhar apenas pros números, estará desperdiçando uma grande oportunidade de atingir o público mais provável de consumir sua marca.

Conheça agora todo o poder dos influenciadores locais:

Audiência de nicho

Os influenciadores locais atuam dentro de nichos, que pode ser de skate, gastronomia, artesanato etc. Então, seus públicos são extremamente focados no assunto, diferentemente dos grandes influenciadores, que têm uma audiência com gente de tudo que é tipo.

Confiança do público

Vale a pena ter ao lado da sua marca um especialista que talvez entenda até mais da sua área do que você mesmo. As pessoas confiam no que os influenciadores locais falam, pois sabem que eles manjam dos paranuauê! Já imaginou sua marca sendo recomendada por essas pessoas?

Proximidade com o público

Por ter uma audiência menor, os influenciadores locais conseguem manter a proximidade com os seguidores. Eles interagem com os influenciadores de igual pra igual, enquanto um youtuber famoso, por exemplo, é mais distante, pois existe uma relação de ídolo e fã com o público.

Custos menores

Todos os holofotes estão voltados pros grandes influenciadores, o que permite que eles cobrem mais por uma parceria. Enquanto isso, você corre pelas beiradas fazendo uma campanha muito mais em conta – e possivelmente mais eficiente – com influenciadores locais.

Facilidade de contato

Muitos influenciadores têm uma vida de celebridade, com muitos compromissos, e precisam de um empresário ou agente pra intermediar parcerias. Já com os influenciadores locais, você pode falar diretamente, o que torna a experiência com a marca mais próxima e autêntica.

A gente sabe que, no marketing, números grandes fazem os olhinhos brilharem. É por isso que tantas empresas se jogam nas estratégias com grandes influenciadores só pelos grandes números, sem pensar se eles trarão resultados reais, em vendas. Por isso, leve essa frase como um mantra: número não é tudo, número não é tudo, número não é tudo.

Olhe com carinho pros influenciadores locais. Você já percebeu nesse post como eles podem trazer resultados pra sua marca, certo? E outra: embora eles tenham números menores de seguidores, ainda assim a audiência é significativa – afinal, não é qualquer pessoa que tem 30 mil seguidores, né?

Continue acompanhando nosso blog pra saber mais sobre estratégias com influenciadores!